Buscar

Resenha de Segunda



Olá investidores,


Após mais uma semana volátil, o ibovespa fecha com, aproximadamente, 0,6% de alta. No mês de agosto, o mercado brasileiro vem andando de lado (com 0,75% negativo até hoje, dia 31).


Apesar do receio gerado sobre a economia local, uma vacina/cura para o coronavírus (indicativos que a pandemia está para acabar no curto prazo) e melhora no ambiente político, ajudaram o mercado a ter uma semana positiva, principalmente na sexta-feira.


Nos EUA, o discurso do banco central americano manteve o viés de política expansionista, com taxas de juros baixas e uma tolerância para uma inflação maior.


Técnicamente falando, existe uma sobre-compra da bolsa americana, que bateu mais uma máxima histórica.


Importante ressaltar, que cada vez mais, existe uma concentração das companhias que vem se valorizando no mercado americano (grandes empresas de tecnologia).


Um segundo ponto a se destacar, foi a desvalorização do dólar, por consequência da fala do banco central americano - a moeda passa a apontar para uma queda, no curto prazo.


Olhando para frente, mantemos os radares voltados para a agenda política interna, que deve mover preços na semana.


S&P 500 futuro sobe aprox. 0,3%, no momento, o que indica uma possível alta na abertura do nosso mercado.


Empresas de mineração e de energia vêm performando bem nesse pré-mercado.


Arthur Figueiró

Sócio da Império Investimentos

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo